Dicas e cuidados para o motorista dirigir com tranquilidade

Dirigir com tranquilidade

Andar por este Brasil requer mais do que atenção na estrada e habilidade no volante. Para dirigir com tranquilidade, alguns cuidados devem ser seguidos para que nada atrapalhe ou prejudique o trabalho e o percurso de um caminhoneiro. Nós, da Rodovale Implementos, reunimos aqui algumas dicas que vão tornar o seu caminho ainda mais seguro, sem incômodos ou imprevistos.

Dirigir com tranquilidade com a habilitação em dia

Não tem como dirigir com tranquilidade pelas estradas do país sem estar em dia com a documentação, especialmente, a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Se a carteira está vencida ou para vencer é fundamental procurar o Departamento de Trânsito Estadual, o DETRAN, para a atualização do documento.

Como funciona a renovação da CNH?

A CNH tem sua validade de acordo com a validade do exame médico. Para os condutores com menos de 65 anos de idade, o exame médico vale por 5 anos (ou a critério médico); a partir deste limite, o prazo de validade é reduzido para 3 anos.

A renovação tem etapas comuns em qualquer estado brasileiro. No entanto, em alguns locais já é possível solicitar a renovação da CNH sem sair de casa, tudo de forma virtual. Esse serviço está disponível, por exemplo, nos estados de São Paulo, Paraná e Santa Catarina.

Os documentos necessários são documento de identificação, podendo ser a própria CNH e comprovante de residência. Alguns departamentos como o do Mato Grosso pedem também o Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou a situação cadastral emitida pela Receita Federal.

Além dos documentos também é necessário fazer o pagamento das taxas, realizar o exame médico, a avaliação psicológica (exigida para quem exerce atividade remunerada) e o exame toxicológico, obrigatório para condutores habilitados nas categorias C, D ou E

Para ajudar os profissionais a chegarem no destino e conseguirem renovar a CNH de forma fácil para dirigir com tranquilidade, deixamos no fim desse post os links para submeter a renovação para quem mora nos estados do Mato Grosso, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Novidades no exame toxicológico

O novo Código Brasileiro de Trânsito trouxe mudanças em relação ao exame toxicológico para os motoristas de categorias C, D e E. Em vigor desde 12 de abril de 2021, o CTB exige que esse exame seja realizado a cada dois anos e seis meses.

Os motoristas que não cumprirem com a lei poderão sofrer penalidades na CNH como infração gravíssima (7 pontos), multa no valor de R$ 1.467,35 e a suspensão do direito de dirigir por três meses. O levantamento da suspensão pode ser condicionado à inclusão no Renach de resultado negativo no novo exame. 

O exame toxicológico é realizado a partir da análise de cabelos ou pêlos para identificar o consumo de determinadas substâncias psicoativas nos últimos 90 dias. Sem a aprovação deste exame, a CNH não é emitida.

Também em abril o Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) publicou a Deliberação nº 222, que prorroga os prazos para a realização do exame periódico, até para conceder mais tempo para que a categoria se adeque às novas regras. Com os novos prazos, os caminhoneiros terão até o final de 2021 para fazerem o teste. 

Confira abaixo a tabela disponibilizada pelo Contran:

VALIDADE DA CNHPRAZO LIMITE PARA REALIZAÇÃO DO EXAMEINÍCIO DA FISCALIZAÇÃO
Março a junho de 202130 de junho de 20211º de julho de 2021
Julho a dezembro de 202131 de julho de 20211º de agosto de 2021
Janeiro a junho de 202231 de agosto de 20211º de setembro de 2021
Julho a dezembro de 202230 de setembro de 2021 1º de outubro de 2021
Janeiro a junho de 202331 de outubro de 20211º de novembro de 2021
Julho a dezembro de 202330 de novembro de 20211º de dezembro de 2021
Janeiro a abril de 202431 de dezembro de 20211º de janeiro de 2022
A partir de maio de 2024A partir de 1º de janeiro de 2022*1º de janeiro de 2022

É importante que o profissional fique atento às datas e faça seu exame toxicológico dentro do prazo para viajar sem preocupações.

Manutenção do veículo e do implemento

O grande companheiro de estrada do caminhoneiro também precisa estar com tudo em dia. O profissional não pode descuidar da manutenção do veículo porque essa falha, nas rodovias brasileiras, pode representar um verdadeiro perigo para si e para os outros. É necessário que o caminhoneiro realize com regularidade a manutenção do veículo para dirigir com tranquilidade.

É compreensível que muitos motoristas deixem essa revisão para trás devido ao trabalho já que ficar com o caminhão parado representa prejuízo. Porém ter problemas durante a viagem, precisar procurar ajuda especializada e consertar depois do prejuízo pode sair ainda mais caro e dar ainda mais dor de cabeça.

Portanto, para os profissionais que têm a estrada como local de trabalho, o adequado é fazer manutenções com frequência para dirigir com tranquilidade e segurança. Para isso, você sempre pode contar com a oficina da Rodovale Implementos. Temos 27 amplos boxes de atendimento simultâneo, três máquinas de alinhamento e geometria de eixos e duas máquinas de destorção e alinhamento de chassi, além de uma equipe qualificada.

Documentação obrigatória para o transporte da carga

O caminhoneiro também não pode descuidar da documentação ao pegar a estrada. Além da CNH, outros documentos devem estar com você em qualquer trajeto:

– Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV);

– Documento Auxiliar de Nota Fiscal Eletrônica (DANFE);

– Documento Auxiliar de Conhecimento de Transporte Eletrônico (DACTE).

Após fazer o checklist, fica mais fácil dirigir com tranquilidade por todo este Brasil. Para ter ainda mais segurança e serenidade, conte com a Rodovale, parceira do empresário e do caminhoneiro para a manutenção do implemento.

Confira os links de cada Estado para renovação da sua CNH:

Mato Grosso

São Paulo

Paraná

Santa Catarina

Rio Grande do Sul